Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ADR Barreiros - Velhas Guardas

Associação Desportiva e Recreativa de Barreiros - LEIRIA

Rasgadinho!

DSCN1258 - Cópia.JPG

 

Quinze dias depois voltámos a encontrar os amigos de Fernão Ferro, agora na condição de visitados.

E, tal como no jogo de há duas semanas, bem se pode dizer que ninguém morreu de tédio tantas foram as incidências e as situações em que a temperatura subiu um bocadinho para lá do que é tido como conveniente.

Adiante-se, no entanto, que nada do (muito) que se passou em campo beliscou o clima de entendimento e de respeito que todos souberam manter.

E a história (do jogo) começa logo no início. Isto porque ás vezes os minutos passam e "não se passa nada".

Foram dois minutos de completa apatia da nossa parte. Saíram os visitantes e a bola nunca mais se lembrou de frequentar o meio campo do lado de lá.

Acabou dentro da nossa baliza, aos 120 segundos, na cobrança de um livre com nota artística.

O abanão foi terapêutico pois nada foi como antes.

Reação muito positiva da nosssa parte com o primeiro sinal da mudança a chegar aos 23 minutos. Penalty, indiscutível, a nosso favor,  por derrube ao Humberto.

Na cobrança, o Celso manchou uma folha até aqui limpinha.

Aproximava-se o intervalo e já se justificava um prémio para o nosso lado. Chegou, ainda a tempo, e em dose dupla.

Marcou primeiro o Humberto, em remate de fora da área, o que não será grande novidade. Marcou logo de seguida o Claudino mas aqui tem que se fazer uma pausa.

O rapaz, que por caso até envergava a braçadeira de capitão, estreou-se na matéria ao fim de oito épocas e foi daqueles golos que até os mais habituados não enjeitariam assinar. Foi mesmo chapéu mas há sempre uma má língua a ver ali intenção de cruzamento ....

A segunda parte foi ainda mais produtiva. Marcaram-se quatro golos (dois para cada lado), numa alternância que levou a indecisão até ao fim.

O Sérgio respondeu ao golo madrugador dos visitantes, aproveitando uma defesa incompleta do GR, e o J. Alexandre desfez o empate, já perto do fim, na cobrança de um penalty muito contestado.

O jogo, tal como se anunciou logo de entrada, não foi propriamente um modelo de correção com muitos lances a puxar para o quentinho.

No entanto a noite foi boa conselheira. Não sobrou ponta de ressentimento e as palavras foram bem fraternas na hora de dizer adeus.  

 

     Jogo n.º        178      
   Jornada      22.ª      
   Jogo - F. Ferro          2.º       

 

        ADR BARREIROS     

  4  

    GDC FERNÃO FERRO   

   3  

 2 – 1 (int.) 

 

Data

30.Maio.2015

Campo

Campo Estrelas do Lis - Ortigosa

Árbitros

    Jaime / P. Alves / Marco

 

 

 

 

Titulares

Fernando

Claudino (C), Horácio, Filipe e J. Alexandre

Gonçalo, Cesário, Celso e Sérgio

Zé Luís e Humberto

Sup. Ut.

  J. Pires, P. Alves, Vitinha, V. Hugo e Marco 

Treinador

  Albertino

 Massagista/Fotógrafo

"Apontador"

 ----------

 Armindo

Média de Idades

 ONZE INICIAL - 43,5 / TOTAL JOG. UTILIZADOS - 43,4

  

Tempo 

   Res.  

  Marcador

02'

35'

38'

----

08'

13'

22'

37'

0 - 1

1 - 1

2 - 1

----

2 - 2

3 - 2

3 - 3

4 - 3

  F. Ferro

  Humberto

  Claudino

  ---------------

  F. Ferro

  Sérgio

  F. Ferro

  J. Alexandre (pen)

 

DSCN1260.JPG

DSCN1262.JPG

DSCN1264.JPG

DSCN1265.JPG

DSCN9533.JPG

DSCN9534.JPG

DSCN9535.JPG

DSCN9536.JPG

DSCN9537.JPG

DSCN9540.JPG

DSCN9542.JPG

DSCN9543.JPG