Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ADR Barreiros - Velhas Guardas

Associação Desportiva e Recreativa de Barreiros - LEIRIA

amêndoas doces

cedo fechou a loja 

 

Chegou ao fim um invulgarmente preenchido mês de Março com quatro jogos em cinco fins de semana, todos disputados na nossa sala de visitas.

Contas feitas não poderia haver maior equilíbrio. Uma vitória, dois empates e uma derrota, três golos marcados outros tantos sofridos.

Sortilégios do pontapé na bola. Acabámos por vencer no jogo em que talvez tenhamos feito menos por merecê-lo. Ou, dito de outra forma, naquele em que o opositor nos colocou maiores dificuldades.

O início do jogo de sábado frente aos velhos amigos dos Unidos não podia ter começado melhor. Não teriam passado mais do que dois, três minutos, e a bola já estava de novo no círculo central.

A culpa foi do Zé Luís que se lembrou de rematar com o limite da área à vista e viu a bola embater no poste e depois tomar o caminho que nos convinha mais.

Reagiram, como lhes competia, os nossos convidados e, em diversas ocasiões, a nossa baliza sofreu ameaças. Nelson resolveu o que tinha que resolver e, noutros casos, a pontaria dos avançados dos Unidos teve nota negativa.

Não esquecemos, de todo, a baliza adversária e também estivemos próximos de marcar o que seria injusto face ao que se via em campo.

De qualquer forma foi uma primeira parte animada com maior posse de bola dos visitantes e resposta à altura da nossa parte.

A segunda parte fica marcada por duas perdidas indesculpáveis que deveriam ter acrescentado um golo a cada uma das equipas.

Logo a começar, um desentendimento entre o nosso GR e um defesa deixou a bola à mercê do Beto mas, talvez por falta de experiência (!!!), o atleta dos Unidos escolheu o pinhal como destino para a bola.

Pouco depois, o nosso médio goleador V. Hugo em (demorado, como sempre) processo de recuperação de uma investida à área adversária (transição defensiva, diriam os paineleiros que abundam na TV) beneficiou de um atraso inadvertido mas deslumbrou-se com tanta facilidade que achou por bem desperdiçar.

A jornada terminou onde terminam todas. Sentados à mesa para complementar aquilo que ficaria incompleto se a coisa se resumisse a uns pontapés na bola.

Se, no campo, a comparência, de um lado e de outro, foi de modo a dar dores de cabeça aos treinadores, para a terceira parte a convocatória não deixou ninguém de fora tornando a cimeira gastronómica em mais um momento de grande comunhão e partilha entre dois grupos que muito se estimam.

 

ADR BARREIROS

1

      UNIDOS CC 

   0

 1 – 0 (int.)

 

Data

30.Março.2013

Campo

Campo Vale da Sobreira

Árbitro

Paulo Alves

 

 

 

 

Titulares

Nelson

Claudino, Horácio, Filipe e Armindo (cap.)

Zé Luís, Cláudio, Hélder e Roleiro

Jaime e J. Alexandre

Sup. Ut.

  V. Hugo, Vitinha, Leandro, P. Pires, Marco, Rodrigo, J. Pires e Cesário

Treinador

Delegado

  Albertino

  Carlitos

Fotógrafo

  Bruno

Média Idades

  ONZE INICIAL - 46,6 / TOTAL JOG. UTILIZADOS - 43,3

 

Tempo

   Res.   

  Marcadores

 

 1 - 0

  Zé Luís

 

 
 

2 comentários

Comentar post